Campo de ferias 2017

“Oi aventura tralali tralala trala hopsasa
Somos traquinas e estamos a chegar!”
-Pipi das Meias Altas


A canção da Pipi das Meias Altas foi o tema musical e o guia do Campo de Crianças que teve lugar em Julho em Tamera. Esta foi uma semana cheia de actividades, alegria e maluquice. Encorajámos a brincadeira, o uso de disfarces e incorporámos diferentes personagens. A Corinna, o Elias, a Sarah e eu (Benjamin) fomos os guias principais do campo que contou com a participação de cerca de 25 crianças e jovens de diferentes idades e nacionalidades. Ainda na sua última semana de aulas, os adolescentes de Tamera ofereceram apoio ao campo, liderando muitas das oficinas e sendo modelos a seguir para os mais novos. Contámos com oficinas de dança, canto, tiro com arco, contacto e comunicação com cavalos, trabalho com madeira, tecelagem, artes e ofícios, cozinha, futebol, skate e trampolim. Os nossos vizinhos vieram para oferecer uma oficina sobre upcycling e tecelagem. Nadar no lago foi parte do nosso ritmo diário, tal como as reuniões em círculo durante jogos e refeições.

  • Tecendo em conjunto com os nossos amigos de Colos
  • Fazendo colectores de sonhos
  • Trabalho com madeira
  • Artes e ofícios
  • Usando o arco e a flecha           
  • Nadando no lago
  • Pinturas faciais


Na base de todas as actividades e brincadeiras em conjunto sentiu-se uma atmosfera de vivência em comunidade. A boa comunicação e a aprendizagem de como nos movermos como grupo foram temas importantes que nos acompanharam durante este período. O cuidado pelo lugar onde comemos, dormimos, brincamos, cozinhamos, a tradução entre 3 idiomas, a gestão de conflitos e a aprendizagem de como ver os outros como indivíduos únicos, foram responsabilidades que partilhámos como grupo.
Obrigado, thank you, Dankeshön a todos os que participaram e ajudaram no Campo das Crianças.

Benjamin

Algumas atividades passadas