O “Teatro da Esperança”- Teatro

O teatro reveste-se de um grande significado na Escola da Esperança, nomeadamente para a aprendizagem social e para o desenvolvimento da personalidade de cada aluno. Uma peça de teatro decorrente de um tema comum a todos, desenvolvida e realizada em conjunto, gera em cada participante um processo de criação de comunidade: os alunos aprendem a estudar um papel e a representá-lo e vivenciam a sua presença como um elemento importante para o sucesso do espetáculo coletivo. A escrita de um argumento fortalece o poder da linguagem e desafia a capacidade de comunicação. Criam-se os materiais de encenação, e cenários através dos quais os potenciais artísticos e criativos dos alunos se tornam visíveis e são alvo de reconhecimento público. Dado que no decurso do trabalho teatral os alunos transcendem as suas personagens, a peça continua a desenvolver-se e trocam-se os papéis até se apurar qual é o papel que assenta a cada aluno, representando para si a melhor experiência de aprendizagem.

A elevada motivação das crianças e dos adolescentes em levar à cena uma peça em várias línguas é um forte impulso para que, em pouco tempo, aprendam os conhecimentos básicos de uma língua nova para si. O conteúdo da peça é simultaneamente a matéria de aprendizagem que estimula a mente a cada momento, através do trabalho teatral, levando assim a que surjam questões invulgares, a par de um grande interesse. Este estímulo é desenvolvido no "Espaço de Aprendizagem Aberto", onde os conteúdos continuam a ser aprofundados, quer através de trabalhos individuais, quer através de propostas correspondentes.

A peça de teatro: «A Sombra Negra e o Enigma da Princesa