Quem somos

Sendo a primeira escola internacional da região do Alentejo, a Escola da Esperança pretende ser um local de aprendizagem para as crianças da região, para as crianças da comunidade de Tamera, bem como para crianças e jovens de todos os países.

As crianças e os jovens são os portadores e os criadores do futuro deste planeta. Cada criança traz consigo diretamente o poder autêntico para a paz. Protegê-lo e fazê-lo crescer é o objetivo mais importante da Escola da Esperança.

A Escola da Esperança tem como proposta uma aprendizagem modelo, orientada por métodos pedagógicos reformistas resultantes de estudos a nível internacional. Este projeto inspira-se sobretudo nos conceitos-chave de Maria Montessori, como as fases sensíveis da aprendizagem, a orientação dessa aprendizagem em função das forças de crescimento intrínseco das crianças e o trabalho com material específico num contexto de aprendizagem previamente preparado.

Num plano de aprendizagem holístico, as curiosidades criativas das crianças e dos jovens e a imprescindível alegria e o entusiasmo pela aprendizagem são consolidados através de experiências de aprendizagem positivas.
“A aprendizagem é um processo que decorre por si próprio ao longo de uma linha de tensão (line of tension), seguindo uma atração prazerosa que denominamos de interesse, curiosidade ou motivação intrínseca. Nesta sinergia, da qual resulta o verdadeiro entendimento, são envolvidas todas as faculdades de compreensão do ser humano. Um sistema de aprendizagem relevante em termos de futuro orienta-se por estes movimentos próprios da vida. Tal como as experiências de uma criança, o mundo não pode ser dividido em categorias/disciplinas, sem que se perca a noção do contexto. É por isso que na nossa escola conferimos uma grande importância quer às propostas de ensino e aos projetos interdisciplinares, quer também à aprendizagem conjunta em grupos etários mistos.” (Excerto adaptado do nosso plano escolar)

A Escola da Esperança está inserida no Centro de Pesquisa para a Paz de Tamera, tendo sido desenvolvida pelos seus colaboradores e edificada com base nas respetivas investigações ao longo dos anos.

O ambiente internacional e intercultural que se vive em Tamera oferece aos alunos a possibilidade de conhecerem diferentes culturas. Esta experiência é um princípio basilar para um entendimento global, assente na cooperação e na solidariedade. Nesse processo, o multi-linguismo e a competência multimédia são importantes ferramentas para que eles possam encontrar o seu caminho neste mundo de globalização e digitalização.

Para informações mais pormenorizadas sobre a escola - qualificações e estrutura, clique aqui.

O que é Tamera?
Tamera tem por objetivo desenvolver um modelo capaz de dar uma resposta abrangente à crise humana e ecológica a que assistimos nos nossos dias.
Para tal, Tamera desenvolve e transmite um conhecimento sustentável nas seguintes áreas essenciais à vida: água, energia, alimentação e sentido de comunidade entre as pessoas, bem como cooperação com os animais e a natureza.

Tamera é também um local de formação. De todo o mundo, chegam-nos jovens empenhados em desenvolver soluções para a paz, com o objetivo de aqui estudarem e obterem a formação, as capacidades e os conhecimentos necessários para a construção de aldeias e povoações autónomas, capazes de promover a paz na terra.
“Duas partes do mesmo todo, a crise que existe em nós e a crise no ambiente são apenas passíveis de resolução tendo essa perspetiva como ponto de partida.” (Dieter Duhm, fundador de Tamera)

Em Tamera, a vida orienta-se pelos seguintes valores éticos fundamentais:

  •  Verdade
  • Apoio mútuo
  • Participação responsável na comunidade e no mundo
  • Transparência

O desenvolvimento de uma educação para crianças e jovens com base nestes valores é uma componente importante deste modelo de investigação sustentável.
Além disto, Tamera oferece a possibilidade de uma vasta formação até à idade adulta. (Escola de Jovens, Formação para a Paz, Escola Terra Nova, Campus Global)
Para mais informações sobre Tamera, clique aqui!

O significado de Comunidade
“Se quiséssemos sobreviver às crises ecológicas e sociais que temos vindo a causar, seríamos obrigados a envolvermo-nos completamente em ações comunitárias drásticas e totalmente novas” (Lynn Margulis)

Para o aluno, enquanto ser humano, a experiência de sentir que está totalmente em boas mãos entre humanos é um princípio crucial para desenvolver o seu próprio potencial e tornar-se um co-criador de um futuro pacífico.
Designamos a Escola da Esperança também de Escola da vida ou Escola comunitária. A sua estrutura social baseia-se no sistema de vida da comunidade. Os nossos valores éticos fundamentais (ver acima) servem de base à vida e à aprendizagem sociais, tanto entre os adultos como também com/e entre as crianças, o que possibilita aos alunos a vivência de experiências muito concretas de aceitação e apoio mútuos. Aprendem a resolver conflitos entre si de forma solidária e apercebem-se de que a cooperação é de extrema eficácia.

A confiança enquanto fundamento para a aprendizagem livre:
As crianças têm de saber que podem confiar nos adultos, já que eles próprios são modelos, na verdade entre seres humanos e na proteção de todas as formas de vida. Isto constitui uma orientação no próprio desenvolvimento da sua personalidade.

Maria Kessler, aluna da Escola da Esperança (quando tinha 13 anos):
"Para mim, o mais importante na escola é que posso confiar nos meus professores! Quando confio realmente, adquiro uma força gigantesca. Fico com a certeza de que os professores me querem apoiar, que me dizem a verdade e que lhes posso colocar qualquer questão daquelas que de facto são importantes para nós. Mesmo que o tema seja o amor."

Para mais informações sobre crescer em Tamera, clique aqui!